355

Imóveis para alugar na Penha em São Paulo, SP

Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 100
  • 2 quartos
  • 1 vaga
Excelente sobrado, corredor lateral, quintal e ambiente todos amplos, bom acabamento , boa localização, fácil acesso de condução.
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 500
  • 5 vagas
Oportunidade, Excelente Galpão na Vila Ré próximo a Avenida Tiquatira e Avenida Jaime Torres em rua tranquila e segura com ponto próximo ao imóvel. Aproximadamente 500m², 2 cozinhas, inferior e superior, 7 banheiros, amplo escritório , 2 salas com banheiro privativo em cada sala (Diretoria) amplo espaço para sala de reuniões, telemarketing, etc com 2 banheiros masculino e feminino, recepção com banheiro. Instalações elétrica, telefônica e câmeras prontas, 5 vgas.Agende uma Visita!!
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 32
Sala comercial com 36m², piso em porcelanato com banheiro privativo, próximo ao forum trabalhista na Penha de França, 15 minutos a pé do Metro Vila Matilde, não tem valor de condomínio, água rateada com outras duas salas, luz individualizada.
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 79
  • 2 quartos
  • 1 vaga
Ótimo Apartamento a venda ou locação, próximo ao bairro da Penha, 02 dormitórios, 01 Banheiro, 01 Vaga, com sacada. História do Bairro da Penha: Penha é um distrito na Zona Leste de São Paulo, conhecido pelos vários templos de diversas religiões, sobretudo católicos. A arquitetura da região chama a atenção de quem passa pelos bairros próximos à porção central do distrito: é possível ver de construções típicas do século XIX a construções modernas. A constante procura por residências na região[1] fez com que ela se tornasse cada vez mais valorizada e, junto aos bairros do Tatuapé, Jardim Anália Franco, Vila Carrão, Mooca e Vila Prudente (distrito de São Paulo), compõe um conjunto de bairros da Zona Leste com IDH elevado e uma razoável infraestrutura. A Penha é um dos distritos mais antigos do município de São Paulo. A primeira referência oficial a localidade é uma petição em que o licenciado Mateus Nunes de Siqueira obteve uma sesmaria do capitão-mor Agostinho de Figueiredo, a 5 de setembro de 1668. No ano de 1682, o o padre Jacinto Nunes, filho ou irmão do licenciado, aparece como proprietário e protetor da Nossa Senhora da Penha de França. Seu testamento diz que a dotou com bens e raizes, conforme consta em seu testamento aberto de fevereiro de 1684. A origem da localidade está ligada intrinsecamente à religiosidade, pois seu nascimento se confunde com uma lenda que faz parte da história da fundação do local. Conta-se que um francês, católico devoto, seguia viagem de São Paulo ao Rio de Janeiro carregando consigo uma imagem de Nossa Senhora. Durante a caminhada ele pernoitou no alto de uma colina ainda sem nome (penha significa penhasco, rocha, rochedo), e no dia seguinte retomou seu trajeto até dar por falta da imagem. Assustado, tratou de retornar pelo mesmo caminho e encontrou a estátua no alto da colina. No dia seguinte a estátua sumiu novamente durante o sono do viajante, que entristecido, retornou e encontrou novamente a estátua no alto da colina, o que foi interpretado pelo francês como vontade da santa, que havia escolhido o local para se estabelecer[2]. A Igreja de Nossa Senhora da Penha foi finalizada em 1667; foi em torno dela que cresceu o povoamento do distrito. Um século depois, em 26 de março de 1796, a região foi promovida a Paróquia de Nossa Senhora da Penha de França; junto com a Paróquia de Nossa Senhora do Ó, foram as duas primeiras paróquias desmembradas da Sé. Mais tarde, a paróquia tornou-se freguesia[3]. No século XVII, a região era passagem obrigatória para os viajantes que se deslocavam entre São Paulo, Vale do Paraíba e Rio de Janeiro. Em 9 de julho de 1924 o distrito da Penha foi sede do governo estadual paulista quando Carlos de Campos, presidente do estado, foi forçado a abandonar o Palácio dos Campos Elísios após ser atacado pelas forças revolucionárias durante a Revolução de 1924. Campos ficou instalado em um vagão de trem adaptado, na estação Guaiaúna, ...
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 62
  • 2 quartos
  • 1 vaga
Apartamento a 4 quadras do metrô Vila Matilde, com todos os comércios próximos.
R$ 1.300 - Condomínio: R$ 480
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 850
  • 15 vagas
Prédio Vila Ré, bem localizado próximo a Avenida Calim Eid. REF. PR0330 * As informações e valores dos imóveis anunciados foram fornecidos pelos proprietários, e, poderão sofrer alteração sem prévio aviso. ** A Special Imóveis está localizada na Capital de São Paulo, nos bairros Tatuapé e Anália Franco. Há mais de 30 anos ajuda pessoas a encontrar o imóvel ideal, para Compra, Venda ou Locação.
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 35
  • 1 quarto
  • 0 vaga
Apartamento Studio na Penha, com 1 dormitórios, 1 banheiro, sala, cozinha, pequena area de serviço e sem vaga de garagem. Excelente localização. Região farta de condução para as mais variadas regiões de São Paulo. Próximo ao Metro Vila Matilde e Metro Penha. Fácil acesso as Avenidas Amador Bueno, Radial Leste, Tiquatira e Marginal Tietê. Agende sua visita.
R$ 1.100 - Condomínio: R$ 130
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 250
Salão comercial de 250m² com localização privilegiada. Ideal para: madereira, ferragens, deposito de materias e ferramentas, fábrica de tecidos, Graficas e comunicação visual. Agende sua visita: (11) 2958-3700 ou pelo site: www.pedrodelima.com.br Todas as informações e valores exibidos neste portal são fornecidos pelos proprietários dos imóveis podendo sofrer alterações sem aviso prévio. Consulte nossos consultores.
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 71
  • 3 quartos
  • 1 vaga
Bairro com boa infra estrutura
R$ 1.500 - Condomínio: R$ 400
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 240
  • 1 quarto
  • 0 vaga
Ótimo salão com escritório e lavabo com 240M2, muito bem localizado, bairro da Penha - SP/SP. História do Bairro da Penha: Penha é um distrito na Zona Leste de São Paulo, conhecido pelos vários templos de diversas religiões, sobretudo católicos. A arquitetura da região chama a atenção de quem passa pelos bairros próximos à porção central do distrito: é possível ver de construções típicas do século XIX a construções modernas. A constante procura por residências na região[1] fez com que ela se tornasse cada vez mais valorizada e, junto aos bairros do Tatuapé, Jardim Anália Franco, Vila Carrão, Mooca e Vila Prudente (distrito de São Paulo), compõe um conjunto de bairros da Zona Leste com IDH elevado e uma razoável infraestrutura. A Penha é um dos distritos mais antigos do município de São Paulo. A primeira referência oficial a localidade é uma petição em que o licenciado Mateus Nunes de Siqueira obteve uma sesmaria do capitão-mor Agostinho de Figueiredo, a 5 de setembro de 1668. No ano de 1682, o o padre Jacinto Nunes, filho ou irmão do licenciado, aparece como proprietário e protetor da Nossa Senhora da Penha de França. Seu testamento diz que a dotou com bens e raizes, conforme consta em seu testamento aberto de fevereiro de 1684. A origem da localidade está ligada intrinsecamente à religiosidade, pois seu nascimento se confunde com uma lenda que faz parte da história da fundação do local. Conta-se que um francês, católico devoto, seguia viagem de São Paulo ao Rio de Janeiro carregando consigo uma imagem de Nossa Senhora. Durante a caminhada ele pernoitou no alto de uma colina ainda sem nome (penha significa penhasco, rocha, rochedo), e no dia seguinte retomou seu trajeto até dar por falta da imagem. Assustado, tratou de retornar pelo mesmo caminho e encontrou a estátua no alto da colina. No dia seguinte a estátua sumiu novamente durante o sono do viajante, que entristecido, retornou e encontrou novamente a estátua no alto da colina, o que foi interpretado pelo francês como vontade da santa, que havia escolhido o local para se estabelecer[2]. A Igreja de Nossa Senhora da Penha foi finalizada em 1667; foi em torno dela que cresceu o povoamento do distrito. Um século depois, em 26 de março de 1796, a região foi promovida a Paróquia de Nossa Senhora da Penha de França; junto com a Paróquia de Nossa Senhora do Ó, foram as duas primeiras paróquias desmembradas da Sé. Mais tarde, a paróquia tornou-se freguesia[3]. No século XVII, a região era passagem obrigatória para os viajantes que se deslocavam entre São Paulo, Vale do Paraíba e Rio de Janeiro. Em 9 de julho de 1924 o distrito da Penha foi sede do governo estadual paulista quando Carlos de Campos, presidente do estado, foi forçado a abandonar o Palácio dos Campos Elísios após ser atacado pelas forças revolucionárias durante a Revolução de 1924. Campos ficou instalado em um vagão de trem adaptado, na estação Guaiaúna, até 28 de julho de 1924...
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 100
  • 3 quartos
  • 0 vaga
Amplo Conjunto Comercial de 100m² na Penha de França com 3 salas e 1 banheiro. Excelente localização, a apenas 400 metros do Shopping Penha com mercados, farmácias, restaurantes, bancos e comércios em geral nas proximidades, fácil acesso à Av. Amador Bueno da Veiga, Radial Leste, Av. Aricanduva e Marginal Tietê. Agende já sua visita. Salas disponíveis: - 2°Andar - Sala 2 (sem copa) - 3ºAndar - Sala 2 (com copa) Pacote de locação: R$ 2.320,00 (Aluguel + Condomínio e IPTU) Garantia de locação: Título de Capitalização e Seguro Fiança A Piton Imóveis é uma empresa familiar que atende na Penha e região, propiciando o sonho do imóvel Ideal para milhares de clientes, com honestidade e transparência! Trabalhamos com todos os tipos de imóveis e oferecemos um atendimento com profissionais qualificados e credenciado pelo CRECI. Além de Venda e Locação, temos um departamento jurídico e um departamento especializado em financiamento imobiliário. Tudo para lhe dar toda a assessoria e segurança na intermediação do seu imóvel. Aguardamos o seu contato!
R$ 2.100 - Condomínio: R$ 100
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 400
  • 2 quartos
  • 0 vaga
Prédio de 400m² , com uma casa de 2 dormitórios, sacada e área de lazer com churrasqueira. Armários planejados na cozinha e dormitórios. Localização : A 15 minutos do metrô Guilhermina, 5 minutos da Avenida Amador Bueno da Veiga, 7 minutos da Avenida São Miguel, 5 minutos do Hipermercado Carrefour. Fica a apenas alguns instantes de escolas, hospitais, shoppings, restaurantes, farmácias, transporte coletivo, universidades, padarias. Valores de condomínio e IPTU podem sofrer alteração sem nosso conhecimento. Sujeito a confirmação de disponibilidade. Agente já sua visita ! Entre em contato conosco pelo WhatsApp (11) 94756-8523
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 190
  • 1 quarto
  • 2 vagas
Maravilho galpão, com 190M2, 01 banheiro, mesanimo, energia trifásica, 02 vagas, ótima localização, proxímo a rodovia ayrton senna, dutra e marginal tiete, parque ecologico do tiete. História do parque ecologico do tiete: O Parque Ecológico do Tietê é um parque e uma área de proteção ambiental localizada na várzea do Rio Tietê, sob administração da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA), do Governo do Estado de São Paulo. Também conhecido como Núcleo Eng. Goulart. O Parque Ecológico do Tietê foi concebido no contexto das obras e serviços de combate a inundações na Região Metropolitana da Grande São Paulo. Pretendeu-se manter a capacidade de amortecimento das cheias, nas várzeas do Tietê, entre Guarulhos e Ponte Nova e, como subproduto, aproveitar as áreas lindeiras para atividades de lazer, esporte, cultura e para a preservação da fauna e flora. Dessa forma não se repetiria o erro cometido no trecho entre Guarulhos e Osasco, onde a urbanização e as vias marginais oprimem o rio, exigindo obras vultosas para o seu aprofundamento.[1] O parque foi criado pelo Decreto Estadual 7.868 de 30 de abril de 1976, inaugurado em 14 de março de 1982, e o projeto arquitetônico paisagístico foi feito pelo renomado arquiteto Ruy Ohtake.[2] O núcleo Engenheiro Goulart com 14 milhões de m2, fica situado na zona leste da cidade de São Paulo, nas margens da Rodovia Ayrton Senna sentido SP/Rio, altura do km 15,5 (acesso pelo km 17). O acesso também pode ser feito pelos trens das linhas 12-Safira e 13-Jade, ambas da CPTM, por meio da Estação Engenheiro Goulart, que possui uma saída para o portão do parque. Há diversos equipamentos sociais, recreativos, esportivos e de lazer, bem como a flora em constante recuperação que servem de refúgio para os animais silvestres. Possui trilha para caminhadas, Centro de Educação Ambiental, Centro Cultural, Museu do Tietê, Biblioteca, Palco para Shows, 5 quadras poliesportivas, 17 campos de futebol, playgrounds, áreas de ginásticas, quiosques com churrasqueiras, aluguel de pedalinhos e bicicletas. Há também um trenzinho (serviço terceirizado) que percorre a trilha de 4 km, onde o visitante pode conhecer melhor a fauna e flora do parque. Em 2004 o parque foi revitalizado e recebe atualmente mais de 300 mil visitantes/mês. História do Bairro da Penha: Penha é um distrito na Zona Leste de São Paulo, conhecido pelos vários templos de diversas religiões, sobretudo católicos. A arquitetura da região chama a atenção de quem passa pelos bairros próximos à porção central do distrito: é possível ver de construções típicas do século XIX a construções modernas. A constante procura por residências na região[1] fez com que ela se tornasse cada vez mais valorizada e, junto aos bairros do Tatuapé, Jardim Anália Franco, Vila Carrão, Mooca e Vila Prudente (distrito de São Paulo), compõe um conjunto de bairros da Zona Leste com IDH elevado e uma razoável infraestrutura. A Penha é u...
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 50
  • 2 quartos
Casa de 2 dormitórios , sala, cozinha, banheiro e lavanderia, sem vaga de garagem. boa localidade da penha.
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 100
  • 2 quartos
  • 0 vaga
Ótima casa, bairro, Vila Marieta, São Paulo/SP, 02 dormitórios, sendo 01 suíte, 01 banheiro, sem vaga, aceita pet, 100M2. História do Bairro Vila Marieta: Penha é um distrito na Zona Leste de São Paulo, conhecido pelos vários templos de diversas religiões, sobretudo católicos. A arquitetura da região chama a atenção de quem passa pelos bairros próximos à porção central do distrito: é possível ver de construções típicas do século XIX a construções modernas. A constante procura por residências na região[1] fez com que ela se tornasse cada vez mais valorizada e, junto aos bairros do Tatuapé, Jardim Anália Franco, Vila Carrão, Mooca e Vila Prudente (distrito de São Paulo), compõe um conjunto de bairros da Zona Leste com IDH elevado e uma razoável infraestrutura. A Penha é um dos distritos mais antigos do município de São Paulo. A primeira referência oficial a localidade é uma petição em que o licenciado Mateus Nunes de Siqueira obteve uma sesmaria do capitão-mor Agostinho de Figueiredo, a 5 de setembro de 1668. No ano de 1682, o o padre Jacinto Nunes, filho ou irmão do licenciado, aparece como proprietário e protetor da Nossa Senhora da Penha de França. Seu testamento diz que a dotou com bens e raizes, conforme consta em seu testamento aberto de fevereiro de 1684. A origem da localidade está ligada intrinsecamente à religiosidade, pois seu nascimento se confunde com uma lenda que faz parte da história da fundação do local. Conta-se que um francês, católico devoto, seguia viagem de São Paulo ao Rio de Janeiro carregando consigo uma imagem de Nossa Senhora. Durante a caminhada ele pernoitou no alto de uma colina ainda sem nome (penha significa penhasco, rocha, rochedo), e no dia seguinte retomou seu trajeto até dar por falta da imagem. Assustado, tratou de retornar pelo mesmo caminho e encontrou a estátua no alto da colina. No dia seguinte a estátua sumiu novamente durante o sono do viajante, que entristecido, retornou e encontrou novamente a estátua no alto da colina, o que foi interpretado pelo francês como vontade da santa, que havia escolhido o local para se estabelecer[2]. A Igreja de Nossa Senhora da Penha foi finalizada em 1667; foi em torno dela que cresceu o povoamento do distrito. Um século depois, em 26 de março de 1796, a região foi promovida a Paróquia de Nossa Senhora da Penha de França; junto com a Paróquia de Nossa Senhora do Ó, foram as duas primeiras paróquias desmembradas da Sé. Mais tarde, a paróquia tornou-se freguesia[3]. No século XVII, a região era passagem obrigatória para os viajantes que se deslocavam entre São Paulo, Vale do Paraíba e Rio de Janeiro. Em 9 de julho de 1924 o distrito da Penha foi sede do governo estadual paulista quando Carlos de Campos, presidente do estado, foi forçado a abandonar o Palácio dos Campos Elísios após ser atacado pelas forças revolucionárias durante a Revolução de 1924. Campos ficou instalado em um vagão de trem adaptado, na estação ...
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 700
  • 2 vagas
Galpão industrial com 700 m², escritório, vestiário, mezanino, banheiro, cabine primária. Excelente localização, não perca essa oportunidade. Agende agora a sua visita. REF. TA9767 * As informações e valores dos imóveis anunciados foram fornecidos pelos proprietários, e, poderão sofrer alteração sem prévio aviso. ** A Special Imóveis está localizada na Capital de São Paulo, nos bairros Tatuapé e Anália Franco. Há mais de 30 anos ajuda pessoas a encontrar o imóvel ideal, para Compra, Venda ou Locação.
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 220
  • 3 quartos
  • 1 vaga
Maravilhosa casa térrea para locação, 03 dormitórios, sendo 1 suíte, 02 banheiros, sala, cozinha, área de serviço, varanda, 1 vaga.Ótima localização, próximo do bairro da Penha, e Parque Linear de Tiquatira. História do Bairro da Penha: Penha é um distrito na Zona Leste de São Paulo, conhecido pelos vários templos de diversas religiões, sobretudo católicos. A arquitetura da região chama a atenção de quem passa pelos bairros próximos à porção central do distrito: é possível ver de construções típicas do século XIX a construções modernas. A constante procura por residências na região[1] fez com que ela se tornasse cada vez mais valorizada e, junto aos bairros do Tatuapé, Jardim Anália Franco, Vila Carrão, Mooca e Vila Prudente (distrito de São Paulo), compõe um conjunto de bairros da Zona Leste com IDH elevado e uma razoável infraestrutura. A Penha é um dos distritos mais antigos do município de São Paulo. A primeira referência oficial a localidade é uma petição em que o licenciado Mateus Nunes de Siqueira obteve uma sesmaria do capitão-mor Agostinho de Figueiredo, a 5 de setembro de 1668. No ano de 1682, o o padre Jacinto Nunes, filho ou irmão do licenciado, aparece como proprietário e protetor da Nossa Senhora da Penha de França. Seu testamento diz que a dotou com bens e raizes, conforme consta em seu testamento aberto de fevereiro de 1684. A origem da localidade está ligada intrinsecamente à religiosidade, pois seu nascimento se confunde com uma lenda que faz parte da história da fundação do local. Conta-se que um francês, católico devoto, seguia viagem de São Paulo ao Rio de Janeiro carregando consigo uma imagem de Nossa Senhora. Durante a caminhada ele pernoitou no alto de uma colina ainda sem nome (penha significa penhasco, rocha, rochedo), e no dia seguinte retomou seu trajeto até dar por falta da imagem. Assustado, tratou de retornar pelo mesmo caminho e encontrou a estátua no alto da colina. No dia seguinte a estátua sumiu novamente durante o sono do viajante, que entristecido, retornou e encontrou novamente a estátua no alto da colina, o que foi interpretado pelo francês como vontade da santa, que havia escolhido o local para se estabelecer[2]. A Igreja de Nossa Senhora da Penha foi finalizada em 1667; foi em torno dela que cresceu o povoamento do distrito. Um século depois, em 26 de março de 1796, a região foi promovida a Paróquia de Nossa Senhora da Penha de França; junto com a Paróquia de Nossa Senhora do Ó, foram as duas primeiras paróquias desmembradas da Sé. Mais tarde, a paróquia tornou-se freguesia[3]. No século XVII, a região era passagem obrigatória para os viajantes que se deslocavam entre São Paulo, Vale do Paraíba e Rio de Janeiro. Em 9 de julho de 1924 o distrito da Penha foi sede do governo estadual paulista quando Carlos de Campos, presidente do estado, foi forçado a abandonar o Palácio dos Campos Elísios após ser atacado pelas forças revolucionárias durante a Re...
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 60
  • 2 quartos
  • 0 vaga
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 1861
Prédio comercial ideal para montagem de comércio de grande porte. Avenida com grande fluxo de automóveis e pedestres. São 1410m2 no térreo + 450m2 de mezzanino. Elevador, vários banheiros, salas de apoio, acesso por 2 ruas. Agende sua visita e venha conferir. REF. AF25844 * As informações e valores dos imóveis anunciados foram fornecidos pelos proprietários, e, poderão sofrer alteração sem prévio aviso. ** A Special Imóveis está localizada na Capital de São Paulo, nos bairros Tatuapé e Anália Franco. Há mais de 30 anos ajuda pessoas a encontrar o imóvel ideal, para Compra, Venda ou Locação.
Penha, São Paulo - SP

Penha, São Paulo - SP

  • 40
  • 1 vaga
Excelente sala comercial nova, ampla, bem iluminada esquina com a Avenida Amador Bueno da Veiga , ótima localização , acesso fácil , próximo a bancos e comércio em geral. Agende sua visita (11) 2958-3700 | (11) 99827-9556 (Whatsapp) Todas as informações e valores exibidos neste portal são fornecidos pelos proprietários dos imóveis podendo sofrer alterações sem aviso prévio. Consulte nossos consultores.
Buscar imóveis
Condomínio